Matéria

Cassio Bobsin na lista dos jovens mais realizadores do mundo dos negócios brasileiro

Por Pedro Carvalho

“Não dá para esperar cliente”

Quando Cassio Machado fundou sua primeira empresa de tecnologia, em 1998, quase ninguém tinha computador no Brasil. Um ano depois criou a segunda na casa da avó do sócio. Foram pioneiros em e-mail marketing e portais WAP. Ainda estava na faculdade quando abriu o terceiro negócio, em 2002, “A gente sacou que um dia todo mundo teria celular e todo celular teria internet”, diz. Nascia ali o embrião da Zenvia, que tem 4,5 mil clientes de SMS corporativo – como Vale, NET, Seguro e Marisa. Em 2013, faturou R$ 100 milhões, comprou concorrentes e mandou mais de 1 bilhão de mensagens. Mas não quer perder a próxima curva: Cassio investe em startups e criou uma aceleradora digital em Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *